Como baixar vídeos que não estão no YouTube

Muitas vezes é complicado copiar um vídeo que não está no YouTube ou não tem uma URL amigável. Por alguma razão, certos criadores de sites escondem o arquivo no código ou dificultam a sua vida utilizando tecnologias obscuras de streaming. A seguir, duas maneiras de resolver isso. Confira.

Para fazer o download desse conteúdo há dois caminhos, um mais simples e outro mais elaborado. O mais simples é usar o Orbit Downloader, um plugin para seu browser que captura o link do vídeo ou da música executada e começa o download. É bem simples, basta um click e pronto. Ele funciona na maioria dos casos, mas, às vezes, é preciso apelar para a captura direta da transmissão.

Quem resolve essa parada é o WebVideoCap. Ele captura os arquivos de vídeo exibidos no formato Flash, Windows Media ou streams RTSP/MMS, mesmo que eles estejam escondidos ou protegidos. Basta rodar o software, escolher uma pasta para salvar os vídeos e clicar em Start Capture. Enquanto o vídeo rola no navegador, o software já começa a captura. Para que ele funcione corretamente, no entanto, é preciso que sua placa rode com um driver WinPCap, que você encontra na página da fabricante.

Use o Google Docs de maneira eficiente em sua empresa

Praticamente todas as empresas precisam de serviços básicos, tais como provedores de e-mail e de caixas de entrada, compartilhamento de arquivos e de editores de textos. O jeito que esses serviços são implementados variam dramaticamente. Escolha errado o provedor desses serviços, aproveite e incendeie dinheiro e desperdice tempo.

Há como contornar a necessidade de boa parte dessas despesas usando o Google Apps for Businesses, um serviço diretamente do ambiente das nuvens que pode acelerar o ritmo na empresa, pois tudo que precisa é acessível a partir de dispositivos móveis.

Existem algumas diferenças entre as soluções oferecidas pelo Google e aquelas no portfólio de outras companhias. Neste artigo vamos revelar algumas dicas de como tirar proveito de maneira otimizada dos serviços disponíveis na plataforma Google Apps for Businesses.

Google Apps Collaboration Tools

Adicionalmente à gestão dos e-mails, o Google Apps auxilia as pessoas de uma mesma empresa na construção de arquivos e geração de conteúdo. Apesar de todo o conteúdo estar armazenado na nuvem, o Google mantém a segurança dos arquivos bastante robusta.

A agenda oferecida pelo Google Calendar é útil quando se trata de repartir compromissos com mais participantes. A versão disponível para empresas é semelhante ao serviço gratuito, mas tem itens voltados para funcionários. Uma das opções oferecidas é compartilhar a agenda do dia, para informar aos outros participantes a que horas você estaria disponível para uma reunião. O Calendar envia convites para reuniões e se atualiza à medida que outras pessoas confirmam a presença no evento.

O Google Docs edita, de maneira elementar, arquivos criados em suítes de edição de textos, como Word (.doc), PowerPoint (.ppt) e Excel (.xls). O conteúdo desses arquivos pode ser editado por várias pessoas ao mesmo tempo e permite que cada usuário faça as alterações sem sobrescrever mudanças efetuadas por outros usuários (o que poderia ocorrer se a cada alteração os usuários baixassem e subissem os arquivos). O recurso pode ser usado como mural de avisos em empresas; nele podem ser exibidas políticas da companhia e ser anunciados eventos da empresa. Também existe a opção de salvar documentos e arquivos de todo tipo em uma pasta virtual no Google Docs.

Na versão Premier Edition, o Google Groups age como central colaborativa entre grupos. Ele permite o envio de conteúdo para determinados agrupamentos de usuários, uma opção para informar ao departamento de vendas sobre oportunidades de fechar negócios, sem informar ao pessoal da manutenção o mesmo recado. Cada vez que um novo integrante entra para determinado grupo, ele tem acesso ao histórico e pode visualizar o que aconteceu antes de se unir ao grupo.

Outro serviço disponível apenas na versão Premier é o Google Video. Equivale a uma versão privada do YouTube para a empresa. Serve para publicar vídeos para fins de treinamento ou outras finalidades dentro de um círculo fechado de usuários. Também é possível hospedar vídeos públicos, o que elimina a necessidade de assinar outros serviços ou listas.

O Gmail no ambiente corporativo

A principal vantagem entre as versões gratuitas do Google e das suítes pagas, é perceptível no serviço de e-mail, o Gmail. Em vez de ter sua conta associada ao domínio Gmail e o endereço ser seunome@gmail.com, você pode dispor de um domínio personalizado, o que faz uma diferença enorme na divulgação de sua marca. O Google oferece a opção de registro de domínio ao custo de 10 dólares anuais e o configura automaticamente.

Talvez os 7,4 GB de espaço para aguardar arquivos seja suficiente para pequenas e médias empresas. Disponível sem custo e configurável para até 50 contas de email distintas, cada conta de e-mail pode enviar mensagens para 500 endereços diferentes por dia. A não ser que sua empresa mantenha uma base de contatos muito ampla, estes limites devem suprir a necessidade que tem em serviços dessa natureza. Ocorre que, da mesma forma que acontece na versão pública, a interface desses serviços inclui publicidade, mais um motivo para fazer um upgrade na conta do Google Docs e optar pela versão paga. Nela, você poderá eliminar a opção de exibição de publicidade. Basta fazer login como administrador da conta, escolher a opção de gerenciar o domínio, localizado no topo da página e desabilitar a exibição de publicidade em seu domínio. Salve as alterações e saia da interface. Sim, era de se esperar que os pagantes do serviços não tivessem de realizar essa modificação.

O custo da versão Premier é de 50 dólares por ano e por usuário. Nessa modalidade, cada usuário pode enviar até 2 mil e-mails por dia para endereços diferentes e o espaço de armazenamento aumenta para 25 GB.

Siga as dicas de negócios

O que será que aconteceu com aquele e-mail superimportante que você enviou, mas errou o recipiente ao digitar o endereço do mesmo? Para dar conta dessa fatalidade, você pode criar apelidos para contatos de e-mail com endereços complicados. Faz assim: entra no sistema de gerenciamento da conta de e-mail e clique em “e-mail”. Encontre o nome do destinatário na relação de contatos e edite as informações. Você poderá criar um apelido para o contato, algo que seja difícil de digitar de forma errada.

Outras mensagens enviadas com endereços digitados de maneira errada devem ir parar na pasta de lixo eletrônico, mas mesmo aí, você pode fazer alterações. Acesse as configurações do serviço e selecione a opção de e-mail. Desça até a seção de e-mail routing e marque a opção de “Route” para capturar todos os endereços, insira o seu nome, salve as alterações e pronto.

Com base no Google Groups é possível gerir a comunicação interna, mas ele também pode ser usado para receber mensagens de qualquer outro remetente. Dessa maneira, você pode manter uma caixa com o nome vendas@seusite.com.br, que irá encaminhar todas as mensagens que receber para outra lista ou grupo definidos. Para tal, basta clicar na opção de Grupos e criar um novo conjunto de destinatários.

Por padrão, apenas os participantes de cada grupo podem enviar mensagens. Mas isso pode ser alterado: basta selecionar a opção “Permitir que todos enviem mensagens”. De agora em diante, um cliente poderá contatar toda a equipe de vendas a partir de um único e-mail.

Crie avisos personalizados de eventos no Google Calendar

Existe uma grande variedade de maneiras pelas quais o Google Calendar pode lembrar você de determinados compromissos. Os avisos podem chegar até você via e-mail, por meio de pop-ups ou via SMS diretamente até o seu celular (e não precisa ser um smartphone de última geração). Veja como configurar essas opções que devem lembrá-lo dos compromissos ou te dar aquele toque, 5 minutos antes da reunião começar.

De dentro do painel de controle do Google Apps – não estamos falando do painel de administrador – abra a opção do calendário. Selecione as configurações e os alertas. Você poderá clicar em adicionar um alerta para alterar os tipos de notificação. Procure configurar o primeiro de forma a mandar uma mensagem de email um dia antes do evento. Se quiser, poderá configurar mais outros dois avisos para serem encaminhados ao seu celular poucos minutos antes (pode ser necessário configurar seu aparelho celular para receber essas mensagens), salve as alterações antes de sair.

Mais opções de aplicativos

A união entre o calendário e os aplicativos do Google, como o Docs, formam uma base sobre a qual a comunicação dentro da empresa funciona. Mas existe uma infinidade de aplicativos adicionais desenvolvidos por terceiros e que podem interagir com sua base de clientes, com o calendário e com outros dados. Entre esses aplicativos encontram-se  ferramentas de CRM, monitores de tempo de resposta e outros recursos.

Uma boa opção para encontrar tais soluções é o Google Apps Marketplace. Lá estão exibidos os programas gratuitos e os pagos para integração no Google Docs. Ao ativar a opção de integração do programa escolhido, ele automaticamente é distribuído para todos os usuários ligados, diferente do software tradicional, em que é necessária uma instalação isolada para cada usuário.

Google Voice (ainda não disponível para o Brasil)

Esse serviço permite que as pessoas deixem recados em sua caixa de entrada esteja você onde estiver. Uma extensão desse serviços cria um número telefônico exclusivo para você, que faz soar todos os seus números informados.

É muito importante estar ao alcance das pessoas enquanto você está trabalhando. Ao mesmo tempo é chato receber chamadas de estranhos enquanto está ocupado. Uma solução seria desabilitar o encaminhamento de chamadas para determinado celular, mas isso impediria o recebimento inclusive de chamadas que você deseja receber. Uma opção é configurar um aparelho para cada tipo de chamada, sempre de acordo com o número de quem está ligando.

De agora em diante, quando amigos, parentes ou contatos comerciais ligarem para você, serão encaminhados para linhas distintas e você terá melhor e maior controle sobre com quem deseja falar e os contatos indesejados podem ligar para o seu telefone comercial, mas não irão incomodar o seu sono enquanto você está em casa.

Super Segredos de Software: gerencie suas músicas e vídeos

Filmes, música, podcasts, fotos… seu PC pode ocupar menos espaço na casa que seus álbuns de fotos ou coleção de DVDs, mas isso não impede seu conteúdo de se tornar uma verdadeira baderna ao longo do tempo.

Para a maioria das pessoas, os PCs se tornaram o ponto central para armazenar as fotos, vídeos de viagem e músicas da família, e sem os aplicativos e truques certos, estas coleções podem se transformar rapidamente em uma selva impenetrável. Leia nossas dicas e aprenda a manter o iTunes na linha, evitar que o streaming engasgue e automatizar o compartilhamento de fotos na web.

Truques do iTunes

Adicione arquivos ao iTunes automaticamente: gerenciar a biblioteca do iTunes pode ser um incômodo, especialmente se você baixa suas músics em múltiplos aplicativos. O iTunes 9 tem uma pasta chamada “Adicionar automaticamente ao iTunes” (localizada por padrão em C:\Usuários\nome_do_usuário\Música\iTunes\iTunes Media). O iTunes monitora esta pasta em busca de novos arquivos e os organiza automaticamente. Configure seus programas para baixar os arquivos para esta pasta e você nunca mais terá de organizá-los manualmente depois.

Continue recebendo seus podcasts: o iTunes automaticamente para de baixar seus podcasts se você não os ouve, o que é bastante incômodo se você quer continuar baixando para ouví-los depois de uma vez só em uma viagem, por exemplo. Mas um simples script em Visual Basic resolve o problema, marcando todos os podcasts como “ouvidos”, e fazendo com que o iTunes continue baixando novos episódios. Use o Agendador de Tarefas do Windows para fazer o script rodar automaticamente uma vez por semana.

Faça uma faxina: você não precisa de quatro cópias da mesma música na biblioteca do iTunes, nem se ela for muito boa. Então selecione Arquivo, Exibir Duplicados e apague o excedente.

Crie múltiplas bibliotecas: pode ser que você não queira que o iTunes agrupe todos os seus arquivos em uma única biblioteca. Talvez você prefira ter uma com vídeos e músicas “para toda a família” e outra separada apenas para os adultos. Seja qual for o motivo, é possível utilizar o utilitário Libra para criar múltiplas bibliotecas e alternar entre elas à vontade.

Pise no acelerador: por padrão, o iTunes traz ativados alguns ajustes que prejudicam seu desempenho. Para resolver o problema abra o menu Preferências, procure as opções a seguir e desabilite as que você não usa: Buscar por bibliotecas compartilhadas (em Compartilhamento), Procurar Apple TVs (em Apple TV), Buscar alto-falantes remotos conectados ao AirTunes (em Dispositivos) e Procurar Remotes para o iPod Touch, iPhone e iPad (novamente em Dispositivos). E no menu Loja, desabilite a opção Ativar Genius.

Segredos para sincronizar, e organizar

Não se preocupe com codecs: se você está cansado de ficar instalado e atualizando codecs de áudio e vídeo para adicionar novos recursos ao seu player, jogue ele no lixo e adote o VLC como seu player padrão. Com certeza o mais compatível no mercado, o VLC é um media player que pode lidar com uma enorme variedade de formatos de áudio e vídeo sem precisar de codecs extras. Além disso, é gratuito e tem versões para Windows, Linux e Mac OS X.

Não deixe engasgar: embora muitos fatores fora de seu controle possam interromper o streaming de vídeo (especialmente se você estiver assistindo a um arquivo armazenado em outro PC em vez de em um serviço como o YouTube), um truque que pode ajudar é aumentar o tamanho do buffer de leitura do sistema. Este ajuste fará com que o vídeo demore mais para começar a tocar, mas pode ajudar a eliminar “engasgos” que ocorrem enquanto o player espera pela chegada de novos dados. No VLC abra o menu “Abrir Fluxo de Rede”, marque “Mostrar mais opções” e aumente o número no campo Cache. No Windows Media Player clique no menu Organizar, Opções e na aba Desempenho marque a opção “Armazenar em buffer” e aumente o tempo (em segundos) ali especificado.

Acelere ou desacelere os podcasts: se você quiser ouvir podcasts e audiobooks no Windows Media Player em uma velocidade diferente da padrão, pode usar alguns atalhos de teclado para resolver o problema. Tecle Ctrl+Shift+G para fazer um podcast tocar mais rápido, Ctrl+Shift+S para fazer tocar mais devagar e Ctrl+Shift+N para voltar ao normal.

Automatize o envio de fotos: dependendo de qual software de gerenciamento de imagens e serviço de compartilhamento online você usa, pode ser possível mandar novas fotos para a web automaticamente. O LiveUpload to Facebook pode publicar na Windows Live Gallery, enquanto o Picasa pode colocar quaisquer imagens que você importar em um Picasa Web Album. Se você usa o Flickr, experimente o Foldr Monitr, que monitora uma pasta específica em busca de novas imagens e as publica em sua conta no Flickr.

Marque as fotos usando o Windows: se você tem um monte de fotos em seu PC, você provavelmente vai querer organizá-las em um aplicativo como o Windows Live Photo Gallery ou o Picasa. Mas se você não quiser lidar com um aplicativo extra, pode usar o suporte a metadados embutido no Windows 7 para manter a ordem entre suas imagens usando tags descritivas (“Crianças” ou “Férias”, por exemplo). Selecione as imagens no Windows Explorer, clique em “Mostrar mais detalhes” no rodapé da janela, clique em “Adicionar uma marca” e digite as tags que deseja usar, separando as com ponto-e-vírgula. Na hora de procurar pelas imagens, basta digitar a palavra “marca:” (sem as aspas”) seguida das tags que definiu.

Mortal Kombat em vídeo sexy de divulgação

Mortal Kombat está prestes a chegar às lojas e para celebrar esse, que é um dos maiores acontecimentos do ano, o gerente da comunidade oficial do jogo, postou alguns vídeos, no mínimo interessantes.

Estes vídeos mostram lindas garotas praticantes de cosplay, baseadas nos personagens femininos da série Mortal Kombat, além de estarem participando da final do Torneio Europeu que será realizado em Birmingham, durante o The Gadget Show.

Meleena, Kitana e Sonya são as três primeiras, a mostrar ao mundo, todas as suas grandes qualidades. E quando dizemos grandes, são mesmo enormes. Uma verdadeira homenagem às mulheres que marcam presença no Mortal Kombat ao longo da existência da série.

Mortal Kombat marca o regresso às suas raízes mais violentas, onde iremos encontrar fatalities extremamente detalhados. Os jogadores poderão encontrar uma série de novidades como um modo de combate cooperativo, um modo história mais elaborado e a possibilidade de jogar em 3D na versão para PlayStation 3. Os jogadores poderão também desafiar outros lutadores nos tradicionais combates um-contra-um ou experimentar os novos modos de jogo.

Mortal Kombat para PlayStation 3 e Xbox 360 tem lançamento mundial agendado para dia 19 de abril. No Brasil ele chega oficialmente no dia 28 com legendas e menus em português.

Pegadinhas enganam internautas no dia 1º de abril

Como já é tradição no dia 1º de abril, sites e empresas de tecnologia pregam pegadinhas nos internautas publicando novidades e lançamentos absurdos. Confira as melhores piadas noticiadas nesta sexta-feira (1):

iPad substitui prato em restaurante

O restaurante Tableau, no bairro do Soho, em Londres, brinca com o dia 1º de abri mostrando um iPad 2 como substituto de um prato. Em descrição no site do restaurante, o local inova por apresentar novo tablet da Apple para servir a comida aos fregueses sofisticados.

Uma busca no Google mostra até o endereço do local, que nada mais é do que uma brincadeira no dia da mentira. Há até uma suposta frase de Steve Jobs que elogia o lugar.

Vaga de emprego: ‘autocompletador’

O Google começou o 1º de abril postando uma vaga de emprego de “autocompletador”. “Todos os dias, as pessoas digitam mais de 1 bilhão de buscas no Google esperando que o site antecipe o que eles estão procurando. Para melhorar o serviço, precisamos da sua ajuda”, dizia a descrição da vaga.

A empresa afirma que o “autocompletador” terá que adivinhar o que o usuário está buscando no momento em que a palavra é digitada. “Não se preocupe, depois de algumas previsões, você ganhará todos os reflexos necessários”. O Google inclusive publicou um vídeo em que um “autocompletador” fala mais sobre a vaga.

E-mail controlado por gestos

A brincadeira de 1º de abril do Gmail foi a criação do serviço “Gmail Motion”, que permite substituir a digitação e o uso do mouse por gestos captados pela webcam do usuário.

Por exemplo, para enviar uma mensagem, o usuário deve fazer os gestos de lamber um selo e colá-lo num envelope. Até para digitar não seria necessário o teclado, pois os gestos fariam o sistema entender o que se quer escrever.

‘Nerds Nervosos’

O que você faz quando a sua programação contém bugs? Chama os Angry Nerds. Fazendo uma paródia ao popular jogo de smartphone, Angry Birds, o aplicativo transforma os passarinhos em nerds de todos os tipos e os arremessa contra os malvados bugs que infestam os códigos-fonte.

No site do produto é possível fazer uma pequena interação a título de demonstração: ao clicar sobre o personagem, ele é lançado da cadeira para atingir o vilão.

Melhores virais da internet há 100 anos

Quais foram os vídeos que mais bombaram na web em 1911? A internet ainda estava a mais de meio século de ser inventada, mas a equipe do Youtube resolveu recriar 5 memes que circularam na rede recentemente, mas com visual e linguagem do cinema do início do século XX.

Aparecem versões “retrô” do blog “Fail”, do “Keyboard cat” (que agora toca um trompete), de Antoine Dodson, famoso pela entrevista na qual pede que “escondam seus filhos, escondam suas mulheres”, e até do “Rickrolling”. Veja o vídeo.

1º monóculo 3D

No dia 1º de abril, a Toshiba anunciou o primeiro monóculo com tecnologia 3D, para aqueles usuários que não gostam dos ‘pesados’ óculos 3D. “Com o ‘Spectacle’, a experiência em 3D em um olhos será tão real que você irá pensar que está usando ambos os olhos”, dizia o anúncio. Conforme a Toshiba, colocar a tecnologia 3D em um dispositivo tão pequeno não foi fácil.

LinkedIn adiciona famosos aos contatos

A rede profissional LinkedIn também elaborou uma piada para o dia 1º de abril. Ao acessar o site, o usuário deve clicar em “Contatos”, “Adicionar conexões” e escolher “Pessoas que você pode conhecer”. Na lista falsa irão aparecer nomes como Robin Hood, Albert Einstein e Sherlock Holmes.

Blizzard lança ‘Starcraft II’ para o Kinect

Em um vídeo publicado na internet, a Blizzard, produtora dos games “Starcraft II”, “World of Warcraft” e “Diablo III”, mostra que está voltando a lançar jogos nos consoles. Em uma brincadeira de 1º de abril, a empresa mostra a versão do jogo de estratégia “Starcraft II”, chamado de “Starcraft: Motiom Overdrive” para o Xbox 360, que usa o Kinect para controlar as unidades do exército do jogador apenas com movimentos do corpo.

O vídeo mostra o que seria um confronto on-line entre dois jogadores contra o sul-coreano conhecido como Veggie Smuggler. Os três realizam movimentos engraçados para mostrar como o novo sistema funciona.

‘Earkut’

Desenvolvedores do Google pensaram em criar um sensor que alerta os usuários quando um amigo entra no perfil do Orkut. Como ele fica preso na orelha e esquenta com a presença de alguém na página do usuário na rede social, ele recebeu o nome de Earkut.

O sensor, uma espécie de brinco, esquenta por conta da superstição de que, quando alguém fala da pessoa, a orelha esquenta.

A “notícia”, uma brincadeira do 1º de abri, foi publicada no blog do Orkut.

Google com muitas brincadeiras

Ao fazer uma busca no Google neste dia 1º de abril sobre as fontes Helvetica e Comic Sans, o resultado aparecerá com as respectivas fontes, brincando com o usuário.

Além disso, a empresa brincou com seu serviço de anúncios AdWords. Uma mensagem no blog oficial diz que o Google quer relançar anúncios feios que preenchiam todas as páginas.

Kodak cria ‘foto-tatuagem’

O site de impressão de fotos da Kodak criou um serviço em que os usuários podem tatuar suas fotos favoritas no corpo. A brincadeira de 1º de abril dá até preços do serviço, com uma foto de 3 x 5 custando US$ 40 e uma de 8 x 10, o maior tamanho “disponível”, por US$ 70.

 

 

Crateras no Google Earth

Um site permite que, neste 1º de abril, usuários do serviço de mapas Google Earth coloquem crateras e borrem imagens do site.

Basta colocar qualquer endereço e selecionar o efeito desejado.

 

 

 

 

 

Blog publica notícias escritas em papel

O site especializado em games Destructoid alterou o modo de publicação de suas notícias neste 1º de abril. Todas as publicações são escritas em papel e os desenhos (que seriam imagens dos games) feitas a mão.

A brincadeira é feita com base em notícias reais.

Fonte: Globo.com

Como transformar o smartphone em um controle remoto para o PC

Hoje em dia é comum baixar vídeos para assistir no computador. E mais que isso, muita gente conecta o notebook na TV para assistir aqueles filmes baixados em alta definição.

Se o seu portátil não é daqueles modelos que vem com controle remoto para controlar a central multimídia, pode ser incômodo ter que levantar do sofá para pausar o filme ou buscar uma cena desejada.

Nesse caso, os smartphones podem entrar em cena para servir de controle remoto. O programa Gmote, por exemplo, transforma seu smartphone com sistema Android em um controle remoto. O melhor de tudo é que o programa é gratuito.

E o funcionamento é muito simples. Tanto o PC como o smartphone estão conectados à rede Wi-Fi de sua casa. Depois, é necessário baixar o programa Gmote Server (23,2 MB) no notebook e o Gmote client (985 KB) no smartphone. Nesse último você pode usar o Android Market que está no próprio aparelho.

Com os dois programas em execução, não é preciso fazer mais nenhuma configuração. O smartphone irá ‘enxergar’ as pastas do disco rígido e a tela do aparelho exibe os botões para controle de pausa, avanço e retrocesso, além do controle de volume.

O Gmote pode controlar não apenas do filme, mas também as pastas de fotos e músicas do notebook, dando controle total sobre o centro de mídia do seu computador.

Se você tem um iPhone ou iPod Touch, então pode utilizar o software HippoRemote, encontrado na App Store.

Ele exibe não apenas as teclas virtuais, mas também um botão que exibe o Media Center do Windows, deixando a tela do iPhone como um controle remoto real. Esse aplicativo custa 1,99 dólar, mas vale cada centavo.

Há vários aplicativos de controle remoto na App Store e no Android Market, porém, o Gmote, para sistemas Android, e o Hipporemote, para iPhone, são muito simples de instalar, oferecendo muitas opções além de serem fáceis de usar.

Para Nokia, a solução é um pouco mais complexa, mas é possível. Há duas formas para o sistema Symbian, da Nokia: por Wi-Fi e por Bluetooth.

Com o software Real VNC, o computador pode ser controlado via Wi-Fi, mas não há uma interface de controle remoto de mídias. Além disso, o software é gratuito apenas por sete dias. Depois, para continuar usando, é necessário pagar 19,95 dólares.

A instalação também é simples. Basta instalar a versão Server no PC e a client no aparelho Nokia e depois executar os dois softwares. O site do desenvolvedor mostra os três passos necessários, assim como o link para os downloads.

A segunda opção para aparelhos Nokia (com Symbiam S60) é utilizar o recurso de Bluetooth e, nesse caso, o programa mostra a interface exatamente como um controle remoto.

Há três programas para baixar: primeiro é necessário baixar e instalar o Python 1.9.7 e, em seguida, o SmartTouch v0.45, ambos para o celular. O terceiro passo é instalar o SmartTouch v0.4 no computador.

Depois de instalados, execute os programas no PC e no celular e, claro, ative o Bluetooth em ambos aparelhos para sair usando a aplicação.

Truques que melhoram a utilização do YouTube

O Youtube é um dos sites mais acessados na web e parte do cotidiano de milhões de pessoas. Abaixo selecionamos quatro maneiras de otimizar o compartilhamento, reprodução e download dos vídeos disponíveis no site.

Programe o início de vídeo no YouTube

Ao compartilhar um link do YouTube, às vezes, é interessante destacar apenas um trecho do vídeo selecionado. Claro, seria possível dizer aos destinatários para “pular” ou “procurar” o determinado período de tempo, mas isso só dificultaria o trabalho.

Um opção realmente fácil é modificar o horário de início de um link. Para isso, tudo que você precisa é adicionar o código: #t= XXmYYs, ao final do link, onde XX é o número de minutos e YY é o número de segundos.

Suponhamos, então, que o trecho selecionado do vídeo inicie às 5:45. Assim, basta copiar e adicionar #t= 05m45s no fim do link (certificando-se de que não existe espaços entre o link e o código extra).

Com o link alterado, é possível começar o vídeo exatamente do momento programado. Agora, quando alguém clicar nesse link, o vídeo iniciará, neste caso, a partir dos 5 minutos e 45 segundos.

Como reproduzir automaticamente em HD com a opção Full Screen

O Youtube permite que o usuário assista, automaticamente, os vídeos em alta qualidade, em Full Screen.  A opção precisa ser habilitada, caso contrário, os vídeos aparecerão com baixo nível de imagem.

Primeiro acesse o YouTube, entre na sua conta (se você não estiver logado), digitando o usuário e senha no canto superior direito, e clique em “Contas” e “Reprodução de Instalação”. Selecione a opção “Sempre reproduzir em alta definição quando alternar para a tela inteira (quando disponível)” e salve.

Lembre-se, essa função funciona apenas para os vídeos que oferecem uma opção em HD. Às vezes, o recurso pode não ser usado, caso a conexão esteja muito lenta.

Desabilitar vídeos relacionados

Existe uma maneira de desabilitar a função de vídeos relacionados, caso o usuário queira compartilhar um vídeo ou incorporá-lo em um site, blog, e assim por diante.

O primeiro passo é ir à página do YouTube onde está o vídeo, clique no botão “Incorporar” , abaixo do player, e desmarque a marca a opção “Incluir vídeos relacionados”. Copie o código do campo e, em seguida, será possível colá-lo em qualquer lugar.

Download de vídeos do YouTube para visualização offline

O YouTube requer uma conexão com a internet, o que nem sempre é fácil encontrar. Felizmente, você pode baixar vídeos do YouTube para seu PC para visualizá-los, em qualquer hora e lugar.

Há inúmeras maneiras de “baixar” os vídeos do YouTube, uma das opções é o Keep Tune. Ele está disponível  como uma extensão do Firefox e também como um bookmarklet para um navegador compatível, com Chrome, Internet Explorer, e assim por diante.

O Keep Tube trabalha não só com o YouTube, mas também como outros sites como CollegeHumor, Facebook, Google Video, Metacafe, entre outros.

Ao assistir um vídeo, basta clicar no ícone Keep Tube (no Firefox) ou no bookmarklet. De lá, o usuário é redirecionado a uma página do Keep Tube, onde é possível baixar o vídeo em um ou mais formatos e tamanhos.

O melhor formato é o MP4 e sempre com a maior resolução disponível. O formato FLV, original do YouTube, requer um leitor especial, enquanto o MP4 pode ser rodado em diversos players. Além de, normalmente, rodar muito bem em smartphones.