Use o WordPress para implantar um blog em seu site na web

wordpress1

Que tal acrescentar um blog ao seu site ou ao da sua empresa?

O blog pode ser um canal eficiente e dinâmico para divulgar notícias e interagir com as pessoas — amigos, parceiros ou clientes. Uma equipe de desenvolvimento de software, por exemplo, pode publicar nele dados sobre atualizações, versões beta e aperfeiçoamentos que estão sendo implementados, mantendo os usuários informados.

Neste tutorial, vamos usar o WordPress, um servidor de blog gratuito e de código-fonte aberto. Os requisitos básicos para rodá-lo são o servidor Apache, o interpretador de linguagem PHP e o gerenciador de bancos de dados MySQL. Esse trio de software faz parte da maioria dos planos de hospedagem em Linux oferecidos na internet. Vejamos os passo a seguir.

1. BASE DE DADOS

A primeira coisa a fazer é criar um banco de dados no MySQL para o WordPress. Para isso, usamos o phpMyAdmin, uma das ferramentas de gerenciamento mais populares para MySQL. Na tela principal do phpMyAdmin, digite um nome para o novo banco de dados e clique no botão Cria. Em seguida, vamos definir uma conta de usuário para o WordPress. Volte à página principal do phpMyAdmin e clique no link Privilégios. Em seguida, clique em Adicionar um Novo Usuário. No campo Nome do Usuário, digite um nome. Especifique uma senha de acesso no campo Senha e repita-a na linha abaixo. Na seção Global Privileges, clique no link Marcar All. Clique no botão Executa para criar a conta.

2. PREPARAÇÃO

O passo seguinte é preparar o WordPress para a instalação. Baixe o programa e descompacte-o. Você terá uma pasta chamada WordPress com arquivos. Abra, num editor de textos, o arquivo wp-config-sample.php e procure a seção MySQL Settings. Nas linhas seguintes, coloque o nome do banco de dados, o do usuário e a senha que você definiu no passo 1, como neste exemplo (omitimos os comentários para facilitar a visualização):

define(‘DB_NAME’, ‘wordpress’);

define(‘DB_USER’, ‘netsysoft’);

define(‘DB_PASSWORD’, ‘senha’);

Na quarta linha dessa seção, indique o servidor onde roda o MySQL. Na maioria dos provedores de hospedagem, o MySQL e o Apache estão no mesmo servidor. Nesse caso, o endereço é localhost (se tiver dúvidas, pergunte ao provedor), que é o padrão do WordPress. Fica assim:

define(‘DB_HOST’, ‘localhost’);

No final, salve esse arquivo com o nome wp-config.php.

3. HORA DE INSTALAR

Terminada a preparação, vamos instalar o WordPress. Faça o upload da pasta wordpress para o servidor. Abra o navegador e, na barra de endereço, digite a URL do seu site seguida de /wordpress/install.php, como neste exemplo: http://www.empresa.com.br/wordpress/install.php

O WordPress inicia um script de instalação e mostra uma mensagem inicial. Clique no link Let’s Go para prosseguir. Na tela seguinte (Step 1), o script configura a base de dados. Clique em Step 2 para avançar. O instalador vai criar as tabelas do blog. No campo no pé da página, digite o endereço do seu site (exemplo: http://www.empresa.com.br/).

Na etapa seguinte (Step 3), o instalador gera uma senha para o usuário admin, o administrador do blog. Anote-a. Com isso, concluímos a instalação e o blog já pode ser visitado. O endereço para acesso é do tipo http://www.empresa.com.br/wordpress.

4. AJUSTES BÁSICOS

O próximo passo é fazer a configuração básica do WordPress. Na tela final do script de instalação ou na própria página do blog, clique no link Login. Na caixa de autenticação, forneça o nome admin e a senha que você anotou no passo anterior. Você vai entrar no sistema de gerenciamento. Também é possível chegar a ele navegando até http://www.empresa.com.br/wordpress/wp-login.php.

No menu na parte superior da tela, clique em Options. A aba General deverá estar ativa. No campo Weblog Title, digite um nome para o blog. Na linha logo abaixo, ponha uma breve descrição dele. No campo E-mail Address, escreva seu endereço de e-mail. No item Membership, assinale se você quer que qualquer pessoa possa se cadastrar como usuário e se qualquer usuário pode publicar artigos.

Na seção Date and Time, digite -3 no campo Times in the Weblog Should Differ By (se o horário de verão estiver em vigor, use -2). Assim, estamos dizendo ao WordPress para empregar o horário oficial brasileiro. No campo Default Date Format, digite j/n/Y para exibir as datas no formato dia/mês/ano. Em Default Time Format, escreva G:i. Assim, os horários serão exibidos na forma horas:minutos, com contagem de 24 horas.

Quando terminar, clique no botão Update Options. Se quiser ver como ficou o blog, clique em View Site na barra de navegação superior. Depois, use o botão Voltar do navegador para retornar ao sistema de gerenciamento.

5. OS USUÁRIOS

Vejamos algumas dicas para gerenciar os usuários no WordPress. O programa permite que várias pessoas publiquem notícias no blog e comentem as mensagens. Cada usuário é classificado num nível de 0 a 10. Quanto mais alto esse número, mais recursos ficam acessíveis a ele. Quando alguém se cadastra, é classificado no nível 0. Nesse, é permitido apenas ler as mensagens. Mas o administrador pode promover o usuário a um nível mais elevado.

Para administrar os usuários, no sistema de gerenciamento, clique em Users. Observe as tabelas de autores e usuários. Na coluna Level, aparece o nível do usuário e os sinais + e -. Clique nesses sinais para aumentar ou diminuir o nível. Quando ele é maior ou igual a 1, a pessoa aparece na lista de autores e pode publicar mensagens. Se o nível for 0, a tabela mostra os sinais + e X. Clicando em X, o usuário será excluído.

6. TOQUES FINAIS

Seu blog já pode ser usado, mas há várias outras coisas que você pode fazer para personalizá-lo. Clique, por exemplo, em Links, no menu de administração, e troque os links falsos do blog por links para seções do seu site. Para criar categorias em que podem ser classificadas as mensagens, clique em Categories. Se quiser permitir a publicação de fotos no blog, clique em Options e, em seguida, na aba Miscellaneous. Nela, assinale o item Allow File Uploads e configure as demais opções. Quando terminar a configuração, não se esqueça de clicar no botão Update Options para executar as mudanças.

Anúncios