Como manter a segurança em redes Wi-Fi

Após a Google noticiar publicamente que recolheu, por “acidente”, informações de redes Wi-Fi, quem se acha expert em tecnologia pode estar tentado a zombar dos “ingênuos” que usam redes sem fio desprotegidas. Na verdade, provavelmente, é até justo dizer que as vítimas deveriam ter mais conhecimento sobre o uso de uma rede wireless, no entanto não fique muito convencido disso. Afinal de contas, talvez você não seja tão experiente como pensa.

Você já usou um acesso público Wi-Fi, talvez, para disparar um e-mail rápido ou alguma outra tarefa relacionada ao trabalho. Mas você se preocupou em tomar todas as precauções de segurança? Muito provavelmente, a resposta é “não”, mesmo que você saiba os riscos.

No entanto, mesmo que você esteja trabalhando de um cofee-shop com rede Wi-Fi protegida, ainda assim você não está seguro. Por quê? Porque outros internautas também estão usando a mesma rede e senha que você. Se quiserem, eles podem acompanhar todo o seu tráfego na web.

Dicas rápidas

Para impedir terceiros de acessar o seu e-mail, use um serviço que tenha HTTPS (uma conexão criptografada). Isto é importante porque quase todos os sistemas de Webmail, com exceção do Gmail e, provavelmente, o seu email do trabalho, usam HTTPS somente para logins, uma prática que prejudica a segurança.

Se sua empresa fornece uma rede virtual privada (VPN), certifique-se de que ela está em uso enquanto você acessa uma rede Wi-Fi pública.

Ainda assim, mesmo com essas precauções, você nunca está 100% seguro.

Uma recente pesquisa universitária mostrou que espiões, em breve, serão capazes de usar um programa de malware chamado “bugbot” para “sequestrar o seu celular” e ouvir as suas conversas com o uso de um notebook ou um telefone celular nas proximidades. No entanto o uso de malwares em celulares ainda é relativamente raro, mas está crescendo rapidamente.

Anúncios

13 aplicativos para turbinar seu smartphone

Você está usando todo o potencial do seu smartphone? Provavelmente não. Normalmente, os proprietários de um smartphone utilizam apenas metade do real potencial de seus aparelhos. Abaixo estão 13 aplicativos úteis para Android, BlackBerry, iPhone, e outros que ajudarão a otimizar o seu tempo e organizar a sua vida.

Use o Fring para se comunicar com todo mundo

Considerada uma plataforma de unificação das redes sociais, o Fring permite que você use o seu celular para se comunicar em múltiplas plataformas como AIM, GoogleTalk, ICQ, Skype, Twitter e Yahoo Messenger. O Fring elimina a necessidade de baixar aplicativos especializados para cada rede ou outros serviços de comunicação.

Agora você só precisa se preocupar com quantos amigos você deseja atingir. O Fring está disponível para iPhone, Android e aparelhos da Nokia.

Faça o seu Android se comportar de acordo com o local

O Locale,  para Android, permite que você defina preferências automáticas para o seu celular de acordo com o local onde o usuário está. Se, por exemplo, você costuma esquecer de desligar a campainha do seu aparelho ao chegar ao escritório, use este aplicativo para mudá-la para o modo “vibrar” automaticamente, assim que você se aproximar do escritório. Ou coloque o celular no modo silencioso sempre que estiver próximo a um cinema. É simples, mas inteligente.

Encontre os pontos de acesso Wi-Fi mais próximos

Use o catálogo de hotspots do JiWire (e seu aplicativo Android) para descobrir mais de 280 mil pontos de acesso sem fio em 140 países ao redor do mundo, inclusive no Brasil. Outro serviço similar é o WeFi, que também pode ajudá-lo a encontrar conexões próximas.

Compartilhe seus aplicativos com AppBrain

Usuários obcecados por aplicativos para o Android irão amar o AppBrain. Quer mostrar todos os seus aplicativos para seus amigos? Então o AppBrain é o serviço para você. Trata-se de uma ferramenta que cria um catálogo pessoal de aplicativos que pode também ser compartilhado. Além disso, é possível ver quais aplicativos que seus amigos e outros usuários do programa instalaram.

Fãs da Apple, não temam: serviços similares existem para o iPhone. Baixe aplicativos como o AppsFire ou AppFinder para compartilhar seus programas favoritos.

Encontre aplicativos para o Android

Se você está pensando em mudar para um aparelho Android mas precisa de mais informações sobre o catálogo de aplicativos do Android Market do que o disponível no site da Google, então corra para o site do DoubleTwist. Ele irá ajudá-lo a encontrar virtualmente qualquer aplicativo disponível no Market.

Use seu iPhone como um Mouse

Para os usuários do iPhone, a Logitech oferece um aplicativo útil chamado TouchMouse, que transforma seu iPhone em um mouse sem fio por meio de sua rede Wi-Fi. Isso poder ser ótimo se você quiser sentar no sofá e controlar um laptop conectado a uma TV, por exemplo. Tudo que você precisa é instalar o aplicativo no iPhone e no computador a ser controlado, seja ele um PC ou Mac.

Dica: Se você acha o TouchMouse difícil de controlar, ajuste opção Scrolling Speed na tela de configuração do aplicativo.

Interrompa uma ligação indeseja com o Fake-a-Call

Às vezes a única maneira de fugir de um encontro indesejado é recebendo uma ligação na hora apropriada. A partir de agora você não terá mais que esperar por uma chamada de telefone. Se a situação exigir uma saída rápida, peça a ajuda do Fake-a-Call. Este aplicativo gratuito para o Android, iPhone, BlackBerry e outros aparelhos permite programar um telefonema falso. Use essa ferramenta para se salvar de qualquer ligação indesejada.

Controle um iPhone desbloqueado com um PC ou Mac

O Veency permite ao usuário visualizar e controlar um iPhone desbloqueado usando um Mac ou PC através de uma conexão Wi-Fi. A ferramenta é interessante para aqueles momentos em que você quer controlar a interface do iTunes no seu iPhone enquanto ele está ligado a um conjunto de alto-falantes do outro lado da sala, por exemplo. Nada mal.

O site iPhoneHacks.com tem um ótimo tutorial sobre como instalar o software e executá-lo em Macs e PCs.

Tenha um Personal Trainer no seu smartphone

A enorme variedade de aplicativos de fitness para smartphones tornou mais fácil controlar os seus exercícios diários. Um destes aplicativos é o RunKeeper para o iPhone, capaz de acompanhar o usuário em corridas leves, incluindo informações sobre velocidade, distância e rotas, e até mesmo compartilhar seus treinamentos pelo Facebook ou Twitter. Outro aplicativo interessante é o Lose It, usado para controlar a ingestão diária de calorias. E por diversão, use o GymFu para controlar flexões, agachamentos e abdominais.

Confira o catálogo de aplicativos do seu smartphone para ver o que está disponível para o seu aparelho.

Não pague pelos Ringtones

Usuários do Android podem usar Ringdroid para criar seus próprios ringtones, e os usuários do iPhone também podem facilmente criar seus próprios ringtones usando o iTunes. Para mais informações, confira o passo-a-passo da PCWorld para transformar qualquer MP3 em um toque do iPhone.

Leia blogs pelo Google Reader

Para se manter atualizado lendo diferentes blogs durante uma viagem, acesse o http://www.google.com/reader/m. Lá você vai encontrar uma versão simplificada do Google Reader, que funciona em quase todos os navegadores móveis, mesmo em aparelhos não são smartphones.

Simulador de Sons

Se você já quis terminar uma conversa telefônica mas não soube como interromper a ligação, tome nota: da próxima vez, se você estiver na frente de um computador, basta visitar o site SorryGottaGo.com.

Ele pemite a simulação de diversos sons como campainhas, bebês chorando e o som de uma segunda chamada. Assim você poderá encerrar o telefonema tranquilamente.

Automatizando Atendimentos eletrônicos

Dial Zero é um serviço que promete otimizar as suas ligações indicando o roteiro para ser atendido diretamente quando se está realizando uma ligação para uma central de atendimento. Outro aplicativo que realiza semelhante função é o Fonolo.com.  A principal diferença é que Fonolo.com automatiza o processo, mas o número de empresas com o qual ele funciona é limitado. O Dial Zero, em contrapartida, oferece instruções e dicas sobre como você pode chegar de forma mais rápida o atendente. Você também pode ler os comentários de outros usuários.

Dial Zero é um aplicativo gratuito para o Android, BlackBerry e iPhone.

Grátis: 50 downloads, sites e serviços web para usar e abusar

Executar tarefas online mais rapidamente, eliminar pragas do computador, acessar outro PC pela web para fazer manutenção remota, editar áudio e imagens. É possível fazer tudo isso sem gastar um centavo. Abaixo segue uma lista com 50 ferramentas para lá de úteis, entre downloads, serviços e sites.

A lista está organizada em 9 categorias. É realmente muita coisa, e se estiver em dúvida por onde começar, a primeira parte exibe os grandes hits entre aplicativos grátis, serviços e sites.

Claro, há também os serviços e softwares mais populares, como organizadores de fotos, customizadores do sistema, softwares de segurança e backup, entre outros, que vão ajudar a organizar a vida. Use e abuse dessa lista e salve essa matéria nos favoritos, pois as ferramentas podem ser úteis por muito tempo.

Os hits da internet

  • Ad-Aware Free: Elimina os spywares.
  • Audacity: Gravação e edição de sons.
  • BitTorrent: Compartilha arquivos online facilmente.
  • Dropbox: Sincronização online de arquivos.
  • Evite: Organizou uma festa? Prepare e envie convites sofisticados em um piscar de olhos.
  • IMDb: Tudo e mais um pouco sobre cinema.
  • OpenOffice.org: Uma alternativa ao pacote Office da Microsoft.
  • The GIMP: Editor de imagens em código livre.
  • Trillian Basic: Comunicador instantâneo compatível com vários serviços (MSN, Google Talk e mais). Disponível para Windows, Mac e iPhone.

Antivírus (é bom ter várias opções, pois não existe antivírus perfeito)

Aplicativos e serviços para edição de áudio

  • Buddha Machine Wall: Uma fonte inesgotável de melodias para meditar.
  • Grooveshark: Ótimo site para ouvir música.
  • Mp3Tag: Ótimo editor de etiquetas e capas de álbuns de músicas.
  • Myna: Editor avançado de áudio.
  • Speakershare: Compartilhe os melhores alto-falantes de um PC com outros computadores.
  • TunesBag: Ouça suas músicas pelo navegador, em qualquer lugar, sem acessar seu PC ou Mac.

Utilitários para backup

  • Backupify: 1GB de armazenamento, backups semanais e restauração para o PC.
  • Comodo Time Machine: Backup para proteger arquivos, pastas e programas.
  • Macrium Reflect Free Edition: Cria imagem do disco inteiro para recuperação futura.
  • SDExplorer: Crie um disco virtual de 25 GB online e acesse pelo Windows Explorer.
  • SpiderOak: 2 GB de espaço online para backup; salva automaticamente os arquivos quando uma mudança é detectada.
  • SyncToy: Utilitário da Microsoft para sincronizar arquivos de diferentes PCs em rede.
  • Todo Backup: Gerencie imagens do disco rígido e partições.

Complementos para o navegador, aplicativos e utilitários

  • CeeVee: Faça currículos atraentes e compartilhe na web.
  • Lazarus: Recupera a digitação feita em formulários de qualquer site.
  • MailBrowser: Melhor gerenciamento dos contatos e anexos do Gmail.
  • PDF to Word: Converta arquivos PDF em formato DOC editável.

Serviços de colaboração

  • LogMeIn Express: Compartilhe seu PC com qualquer outro conectado a web (ótimo para manutenção remota).
  • Tinychat: Cria grupos de discussão instantâneos, com webcam.
  • Yammer: Recurso de comunicação para empresas, usando o Facebook.
  • Zoho Discussions: Cria um forum facilmente para ser compartilhado.

Customização da área de trabalho

  • BumpTop: Uma área de trabalho em 3D.
  • DeskHedron: Cria até nove ambientes de área de trabalho que são alternados pelo mouse ou teclas de atalho.
  • Fences: Organiza os ícones do desktop exibindo apenas os mais utilizados. Ao passar o mouse, os ícones escondidos surgem novamente.
  • InterfaceLift: Biblioteca de papéis de parede.
  • Krento: Um modo prático e bonito para executar as aplicações.
  • Rainmeter: Uma versão alternativa ao desktop do Windows, muito atrativo.
  • StandaloneStack 2: Atalhos com animações que facilitam o uso de áreas de trabalho repletas de ícones.
  • T3Desk: Reorganiza os programas na área de trabalho, sem minimizá-los.

Aplicações para dispositivos móveis

  • BlueRetriever: Ajuda a recuperar gadgets perdidos.
  • Connectify: Transforme seu laptop em um hotspot Wi-Fi.
  • Instapaper: Uma simples ferramenta que baixa textos da web para serem lidos no celular.
  • Xpenser: Mantenha o controle de suas finanças na web.

Utilitários para fotos

  • Easy Poster Printer: Imprime um poster gigante (20×20 metros) a partir de uma foto digital comum.
  • The Golden Hour Calculator: Encontra o melhor horário para obter boa iluminação para tirar fotos ao ar livre.
  • Paint.Net: Uma alternativa leve ao famoso Photoshop.
  • Phoenix: Editor de imagens baseado na web.

Tire dúvidas sobre como economizar a bateria do celular

Perdeu uma ligação importante ou não conseguiu ler um e-mail por culpa da bateria, que acabou bem nessa hora? Algumas dicas simples e alguns mitos explicados podem ajudar a manter o celular funcionando por mais tempo.

Qual tarefa consome mais energia? E a melhor maneira para carregar a bateria? Celulares com display maior precisam de mais energia? As respostas para tais dúvidas foram dadas por Fabricio Habib, gerente de produtos da Samsung, e Rodrigo Ayres, gerente de produtos de celular da LG.

Qual é a função que mais consome energia em um celular ou smartphone?

O tráfego de dados, como o envio de e-mails, navegação pela internet, uso de redes sociais ou uso de MSN, é a atividade que mais consome bateria dos celulares, principalmente a dos smartphones – já que são aparelhos voltados, principalmente, para tais tarefas.

Qual é a melhor maneira para recarregar a bateria? Esperar terminar toda a carga ou posso recarregar quando quiser?

As baterias atuais são feitas de íon lítio e, diferente das antigas, não possuem mais o chamado “efeito memória”. Assim, não é preciso carregá-las até o máximo e esperar descarregá-las até o mínimo, como acontecia com as de níquel cádmio, usadas em celulares antigos.

Desabilitar funções como Bluetooth e Wi-Fi ajudam a economizar a bateria?

De acordo com Fabricio Habib, da Samsung, desativar a busca por redes sem fio, como Wi-Fi e Bluetooth, contribui para economizar bateria do celular. Quando menos tarefas o aparelho estiver executando, menor o consumo. Ainda segundo Habib, o Wi-Fi ligado consome mais energia do que o Bluetooth. “Quando o Bluetooth está só ativo, mas não conectado a outro dispositivo, não existe muita variação no consumo de energia”, diz o gerente.

Navegar pela internet consome muita bateria?

Sim, o tráfego de dados, como já falado, é a atividade que mais consome energia em um celular. Redes 3G, inclusive, consomem mais bateria que as 2G, como GPRS e Edge.

É melhor colocar sons MP3 ou os “normais” para chamadas e mensagens? Qual tipo de arquivo economiza mais?

Tanto faz colocar um som com extensão .mp3 ou os padrões do celular, segundo Rodrigo Ayres, da LG. “O que conta é o tempo que o som vai tocar antes do usuário atender a ligação”, explica.

Deixar o celular em “modo avião” ajuda a economizar energia?

Quando o aparelho está em “modo avião” ele deixa de executar várias atividades, inclusive a de buscar a rede da operadora. Quanto menos tarefas está processando, menos bateria será preciso. Deixar no “modo avião” é indicado quando o usuário não está usando o serviço de voz e dados, mas quer editar documentos ou ler emails previamente baixados.

Displays maiores consomem mais energia?

Sim, quanto maior resolução e maior o display, mais bateria será preciso.

Fonte: Uol Tecnologia