10 aplicativos que são capazes de tirar qualquer um do sério

O processo de instalação é automático e ícones aparecem inadvertidamente. Exibem, sem a menor cerimônia, alertas irritantes na tela do computador. Eles pedem autorização para que a atualização comece, mas não aceitam um “não” como resposta; ao término, exigem que o computador seja reiniciado. Importunam o usuário com propagandas de suas versões pagas; mandam spam, imploram pela assinatura, insistem. O browser sofre.

Todos nós já experimentamos aplicativos irritantes. Alguns, inclusive, vêm pré-instalados no sistema. Fiz uma lista deles, selecionados a partir das opiniões de usuários espalhadas pela Internet e organizados sem uma ordem específica.

iTunes

Eu gosto da interface do iTunes e do modo como se comporta, mas ele é notoriamente grande e pesado, demorando a iniciar. Tenho a mesma reclamação quanto à sua loja online, a iTunes Store.

Mas é a atitude intransigente da Apple em relação a dispositivos de marcas que não a sua que me tira do sério. Desde o início, o software está preso aos iPods e iPhones, tornando difícil a tarefa de comprar uma mídia pelo serviço e transferi-la para outros aparelhos.

Com as músicas, a empresa reduziu os inconvenientes de seu monopólio do mercado digital, mas a restrição a outros players se mantém. Quanto aos vídeos, a era sombria do DRM ainda não passou: tente assistir algum filme do iTunes em um home theater de uma fabricante qualquer e verá do que estou falando.

Eu nunca vi um software com atualizações tão frequentes. É comum ser interrompido em meus afazeres com uma notificação sobre uma nova versão. Ao recusar o pedido, ela não demorará a aparecer novamente, recorrentemente.

Ah, e não se esqueça da estratégia da Apple, que vê nesses updates uma ótima oportunidade para instalar outros softwares nas máquinas dos desavisados – como o seu navegador Safari – torcendo para que o usuário clique “avançar” sem antes desmarcar os itens indesejados. Muito perspicaz.

“Eu escolheria o iTunes como o pior”, disse Peter VanRysdam, CMO da 352 Media Gruop. “Essas atualizações que surgem a todo instante, essa tentativa de baixar coisas que não quero… Ora, estou bem com a versão atual do QuickTime, obrigado”.

Lembrando que, caso você aprove a nova instalação, demorará um bocado para a conclusão do processo e, ao final, terá que reiniciar o computador para que as mudanças façam efeito.

Adobe Reader

Para um programa que eu nem uso muito, ele requer atenção e cuidado demais. Frequentemente pede meu consentimento sobre uma atualização, que contará com novos recursos que eu nunca irei usar.

O sistema, ainda por cima, contém falhas. “Os pop-ups de instalação surgem periodicamente”, diz Nir Gryn, de Nova York. “Aceito os pedidos, mas o download sempre falha. Hoje em dia, os ignoro, mas adoraria que parassem e me deixassem em paz para trabalhar”, completa.

O Reader pode ser inconveniente também quando não há nada de errado com ele. “Toda hora ele coloca um novo ícone na bandeja do sistema, mesmo eu configurando para não fazê-lo”, escreveu Anne Hellmich, de Wisconsin, na página da PCWorld americana no Facebook.

É claro, existem alternativas ao software. No entanto, é possível que um arquivo criado pela última versão do Adobe Acrobat não possa ser aberto em um programa do concorrente.

Real Player

Em um passado não muito distante, a RealPlayer era bem agressiva em sua tática para vender a versão paga do aplicativo. Lembro de, por muito tempo, ter pesquisado pelo modelo gratuito no site da empresa e não ser capaz de encontrá-lo.

Na ocasião, encontrei o link para o download em outro portal, que me direcionava a uma página escondida no portal da RealPlayer. Enquanto baixava o arquivo, ofertas para a assinatura do serviço de música Rhapsody pulavam sem parar. De fato, a companhia quer tanto prover conteúdo ao internauta que não sente vergonha de pedir pelo privilégio repetidas vezes.

No entanto, àqueles que ainda usam o software, as coisas se tornaram bem mais fáceis. Recentemente, resolvi atualizar o programa e encontrei rapidamente um banner para a versão gratuita no site (chamada agora de RealPlayer SP).

A instalação ocorreu sem problemas e não fui bombardeado por anúncios. Palmas à equipe da empresa. Ainda assim, usarei o player por algum tempo antes de aprová-lo com o selo da conveniência.

McAfee

Tenho um antivírus da McAfee no meu computador do trabalho e sempre que olho na bandeja do sistema vejo que o programa iniciou um processo que eu não queria. Usualmente, é alguma verificação agendada (agendada por quem?) que, para completar, aumenta minha ansiedade ao exibir uma contagem regressiva antes de se iniciar.

Claro, o software também me importuna com alertas de registro e atualizações, que eu respondo com um “lembre-me depois” na falta de um “não, e não me apareça mais”. Quando tento imaginar algum tipo de relação humana similar, me vêm à cabeça funcionários de telemarketing e vendedores de carros usados.

Adobe Flash Plug-In

O Adobe Flash é, provavelmente, o aplicativo mais versátil e artístico para desenvolvedores Web. Naturalmente, eles adoram usá-lo.

O problema é que, caso o usuário não tenha o plug-in do programa instalado no navegador, em vez de ver uma atraente animação, um grande buraco branco ocupará a página. Portanto, o software é chato devido ao seu sucesso: ele já é tão difundido que ter a atualização mais recente do plug-in é quase que uma obrigação.

Java Plug-In

A história do Flash se repete. O plug-in do Java tem atualizações frequentes e o internauta é praticamente obrigado a instalá-la. Você pode estar navegando na velocidade da web quando tem que parar tudo que está fazendo para ver o que o Java tem a dizer. Mais uma vez, terá que esperar o fim de processo para voltar às suas atividades normais.

“É frustrante e me incomoda muito”, desabafou Kimbo Fonseca Raz, pelo Facebook. “Desperdiça meu tempo e, só depois da atualização, posso visitar os sites novamente”.

Barra de Ferramentas do ASK

“A barra do ASK não se cansa de voltar ao meu Firefox e, aparentemente, não pode ser detida. Ela é diabólica!”, afirmou Anne McDonald, editora da PCWorld americana.

Muitos já tiveram o mesmo problema. A barra do ASK vem junto com alguns programas gratuitos, como o Nero e o CCleaner, e se a instalação deles não for feita com atenção, ela surgirá repentinamente em seu navegador. Não obstante, alterará a página inicial e o mecanismo de pesquisa padrão para os serviços da empresa.

A desinstalação da barra é tão difícil de ser feita que um programa com este único fim já foi desenvolvido.

Barra de Ferramentas do MyWebSearch

Esse aplicativo ultrapassa os limites da inconveniência e chega a um nível nunca visto antes: “O pior de todos é o MyWebSearch”, decreta Richard Parsons. “Essa coisa destrói computadores! Já gastei horas tentando desinstalá-lo, mas uma parte dele sempre volta quando o sistema é reiniciado”. O horror.

Se você descobrir que esta barra infectou o seu HD, jogue gasolina e ponha-o em chamas. Em seguida, enterre o que sobrar para proteger a Terra de seu mal. Se for favorável a uma atitude mais conservadora, siga as instruções do eHow.

QuickTime

Como já observado, a Apple é insistente em suas tentativas de convencer o usuário a instalar ou atualizar o QuickTime. Sem ele, aliás, o iTunes não funciona.

No computador que uso no trabalho, o QuickTime de alguma maneira se promoveu a visualizador padrão de imagens. Agora, ele carrega sempre que clico em alguma foto e, não satisfeito, já vai me empurrando a versão Pro.

Alex Wawro, editor-assistente da PCWorld americana, adiciona mais um ponto no inventário das insatisfações: “A última vez que instalei o QuickTime no Windows 7, sempre que eu ligava a máquina, ele se adicionava automaticamente aos programas inicializados com o sistema”.

Redes sociais desesperadas

Muitos já reclamaram sobre os métodos de algumas redes sociais, como o Plaxo e o Classmates.com. Em uma tentativa desesperada de trazer mais usuários a seus portais, esses serviços enviam mensagens com a alegação de que algum conhecido está buscando contatá-lo pela rede.

Caso você seja atraído e clique no link, acabará descobrindo que, na verdade, nem conhece esta pessoa ou é aquele indivíduo de quem não sente a menor falta. São boas as chances, também, de ser alguém (atraente) do sexo oposto que, talvez, nem sequer exista.

É provável que, assim como eu, você também tenha uma lista de aplicativos odiados. Sinta-se livre para comentá-los abaixo, conte sobre aqueles pequenos detalhes que te irritam profundamente, tirando-lhe do sério e estragando o seu dia.

2 Respostas

  1. Apple sofre novo processo por compartilhar dados de usuários…

    A companhia de Steve Jobs irá enfrentar o banco dos réus em um novo processo que afirma que os dados de localização de usuários e outras informações pessoais no iPad e iPhone estavam sendo compartilhadas com anunciantes, sem autorização.A Appl……

  2. Realmente alguns aplicativos são chatos mesmo. É muito engraçado usar computadores de outras pessoas e ver que eles estão abarrotados de softwares que eles nem usam. Essa Ask por exemplo, é a coisa mais inútil que eu já vi. E ela vem incorporada na instalação de diversos programas.

    É, com a grande popularização da internet, uma das coisas mais chatas é a imensa poluição visual que está nela. Tem propaganda demais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: