Linux é difícil de usar: mito ou verdade?

Não causa surpresa que, na comparação com outros sistemas operacionais, o Linux seja visto como difícil de usar – uma concepção que é rotineiramente explorada pela concorrência, interessada em espantar potenciais novos usuários do sistema.

Quer um exemplo? Numa página publicada no site inglês da Dell – e que foi retirada em seguida -, a fabricante de PCs sugeriu que o sistema Ubuntu Linux é indicado principalmente para usuários “interessados em programação de código aberto”, que não se importam em “aprender a usar novos programas para e-mail, processamento de texto etc”.

Para o restante – ou seja, quase todo mundo -, a Dell recomenda Windows. Que mais ela poderia fazer para desencorajar a maioria, com exceção dos mais determinados?

Independentemente disso, está na hora de acabar de uma vez por todas com essa noção de que Linux é muito difícil.

1 – “Não é Windows”

Quando norte-americanos e brasileiros aprendem a dirigir um carro, trafegam pela mão direita da rua. Já quem vive no Reino Unido e no Japão aprende a trafegar pela esquerda. Nenhuma opção é “mais difícil” por si – elas são apenas diferentes. Mas, uma vez que tenha se acostumado a uma das formas, pode ser estranho aderir à outra, pelo menos no começo.

Assim é com os sistemas operacionais de PC. O desktop Linux é simples, elegante e lógico, mas funciona de forma diferente com Mac e Windows.

No Linux, a interface gráfica é opcional, por exemplo. O ambiente do desktop pode ser completamente personalizado, e os gerenciadores de pacotes permitem que você instale software em apenas alguns cliques – não é preciso navegar na web nem caçar números de série.

E, claro, há o fato de que muitos dos programas para Linux são gratuitos, e que você não precisa nem mesmo de um software antivírus.

Para aqueles cuja formação em computadores ocorreu com Macs ou Windows, o Linux pode parecer um tanto estranho no começo. Afinal, a maior parte das pessoas ainda usa uma dessas duas plataformas, como mostra dados recentes da Net Applications. Mas, uma vez que você comece a ver os benefícios do Linux, essa sensação passará logo.

2 – “Uma enorme curva de aprendizado”

O Linux permite que você faça tudo que quiser em seu computador, sem exigir recursos enormes, software caro, ou vigilância perpétua contra malware. Em vez de colocar em seu caminho uma interface que restringe o que você pode e como você pode fazer, o Linux simplesmente sai da sua frente.

Boa parte do software para Linux também parecerá extremamente familiar para a maioria dos usuários, especialmente aqueles de produtividade básica de escritório. A suíte OpenOffice (BrOffice, no Brasil), por exemplo, funciona tal como no Windows, e é muito parecida com o Microsoft Office. O melhor é que é compatível com o Office, podendo inclusive abrir seus arquivos.

Para navegar na web, o Firefox exige adaptação praticamente zero se você já o usava antes.

Com Linux e os aplicativos que vêm com ele, você pode fazer praticamente tudo que faria num Windows ou no Mac OS – com certeza de forma mais barata, e algumas vezes até mais facilmente.

3 – “Comandos complicados”

“Mas você não tem de conhecer todos os tipos de comandos complicados para usar o Linux?” – eis uma preocupação de muitos.

A resposta: definitivamente, não. Para uso típico diário, não há nada absolutamente espinhoso ou técnico que você precise aprender.

À medida que se torne mais familiar com a distribuição Linux que escolher, você poderá querer começar a aprender como usar o Shell Unix/Linux, mas de forma alguma isso será necessário, especialmente para propósitos comuns de produtividade de escritório.

Configurar um servidor Linux, claro, é outra coisa – tanto quanto um servidor Windows. Mas, para uso típico no desktop, se você já aprendeu um sistema operacional, o Linux não deverá ser difícil.

4 – “Questões de compatibilidade”

Finalmente, a compatibilidade de hardware e software é outra questão frequentemente lembrada e que faz com que usuários potenciais temam que o Linux seja muito difícil para torná-los produtivos.

É verdade que há algumas instâncias remanescentes de pacotes de software e equipamentos de hardware que o Linux não pode suportar porque os desenvolvedores dessas ferramentas escolheram manter os codecs, softwares ou drivers necessários fechados e proprietários.

Isso, no entanto, está se tornando cada vez menos comum – e geralmente há uma alternativa que funcionará muito bem. Há também pacotes como Wine e Crossover Linux para rodar software específico do Windows.

Incontáveis desenvolvedores voluntários estão lá fora nesse instante, trabalhando duro para tornar o Linux ainda mais fácil no futuro.

A realidade: um ROI campeão

Resumo da ópera? O Linux não é difícil – é apenas algo com o qual você não está acostumado, caso seja usuário de Mac ou Windows.

Mudanças podem ser difíceis, especialmente quando você investiu tempo aprendendo um jeito de fazer as coisas – e qualquer usuário Windows, quer ele perceba ou não, investiu muito do seu tempo neste sistema. Mas todo esse tempo será retribuído se você dedicar algum tempo para se acostumar ao Linux.

Para pequenas empresas, a economia de custos que resulta de usar Linux e outros softwares livres pode ser particularmente atraente. A ausência de taxas de licença de software pode resultar numa economia considerável de dinheiro, bem como na redução dos investimentos em hardware, já que PCs não precisarão ser atualizados com frequência.

Igualmente considerável é o efeito da confiabilidade do Linux, que minimiza tanto a manutenção quanto as interrupções imprevistas. Tudo somado, o Linux geralmente economiza de 400 a 500 dólares por desktop.

Meu conselho? Tente sair da caixa do Windows ou do Mac e mantenha a mente aberta – não espere que o Linux seja o Windows. Lembre-se também que você está investindo em software grátis por toda a vida com a flexibilidade de fazer o que quiser e como quiser, livre das ordens de qualquer grande empresa de software. Com que frequência você consegue um retorno de investimento assim?

38 Respostas

  1. Hi there. I notice you then have a blog related to sleeping, and sleep products. It’s really a very interesting subject, and I actually am within the same niche. I have already been currently talking about sleep number beds reviews, anti snoring, restless leg syndrome, and other sleep related topics. It’s nice to determine somebody else also currently talking about simliar subjects!

  2. very nice post, i certainly love this website, keep on it

  3. WONDERFUL Post.thanks for share..more wait ..

  4. Hey there! Do you use Twitter? I’d like to follow you if that would be okay. I’m undoubtedly enjoying your blog and look forward to new updates.

  5. I want studying and I believe this website got some really useful stuff on it!

  6. I like this web blog it’s a master piece! Glad I observed this on google.

  7. Nice post. I learn something more challenging on different blogs everyday. It will always be stimulating to read content from other writers and practice a little something from their store. I’d prefer to use some with the content on my blog whether you don’t mind. Natually I’ll give you a link on your web blog. Thanks for sharing.

  8. magnificent points altogether, you just received a new reader. What might you suggest about your post that you simply made a few days in the past? Any positive?

  9. Wow! This could be one particular of the most helpful blogs We’ve ever arrive across on this subject. Basically Wonderful. I’m also a specialist in this topic so I can understand your hard work.

  10. Nearly all of whatever you claim happens to be astonishingly accurate and it makes me wonder the reason why I had not looked at this in this light before. Your piece really did switch the light on for me as far as this issue goes. However at this time there is just one position I am not necessarily too comfortable with so while I make an effort to reconcile that with the core idea of the point, allow me see just what the rest of the visitors have to point out.Nicely done.

  11. Sweet website, super style and design, rattling clean and utilise genial.

  12. After study a few of the blog posts on your website now, and I truly like your way of blogging. I bookmarked it to my bookmark website list and will be checking back soon. Pls check out my web site as well and let me know what you think.

  13. Real good information can be found on site .

  14. very nice post, i certainly love this website, keep on it

  15. I am glad to be a visitant of this sodding website ! , appreciate it for this rare information! .

  16. I like this site so much, saved to my bookmarks .

  17. very nice post, i certainly love this website, keep on it

  18. Some times its a pain in the ass to read what blog owners wrote but this internet site is rattling user pleasant! .

  19. Hello! I just would like to give a huge thumbs up for the great info you have here on this post. I will be coming back to your blog for more soon.

  20. Yay google is my queen aided me to find this outstanding site! .

  21. I was very pleased to find this web-site.I wanted to thanks for your time for this wonderful read!! I definitely enjoying every little bit of it and I have you bookmarked to check out new stuff you blog post.

  22. wonderful post. Ne’er knew this, regards for letting me know.

  23. Lovely just what I was searching for. Thanks to the author for taking his time on this one.

  24. Thanks for the suggestions you have discussed here. One more thing I would like to say is that computer memory needs generally go up along with other advances in the know-how. For instance, if new generations of processors are brought to the market, there’s usually a similar increase in the shape calls for of both the computer system memory along with hard drive room. This is because software program operated by way of these processors will inevitably surge in power to make use of the new know-how.

  25. Good article. It’s very unfortunate that over the last one decade, the travel industry has had to handle terrorism, SARS, tsunamis, influenza, swine flu, plus the first ever true global economic downturn. Through all this the industry has really proven to be solid, resilient as well as dynamic, obtaining new tips on how to deal with difficulty. There are continually fresh problems and opportunity to which the field must all over again adapt and respond.

  26. Purely to follow up on the update of this subject on your web page and want to let you know simply how much I valued the time you took to create this beneficial post. Within the post, you spoke regarding how to truly handle this thing with all ease. It would be my own pleasure to accumulate some more strategies from your web page and come up to offer other folks what I discovered from you. Thanks for your usual wonderful effort.

  27. wonderful post.Never knew this, regards for letting me know.

  28. After study a few of the blog posts on your website now, and I truly like your way of blogging. I bookmarked it to my bookmark website list and will be checking back soon. Pls check out my web site as well and let me know what you think.

  29. Lovely just what I was looking for.Thanks to the author for taking his time on this one.

  30. Enjoyed reading through this, very good stuff, appreciate it.

  31. Nice post. I learn something more challenging on different blogs everyday. It will always be stimulating to read content from other writers and practice a little something from their store. I’d prefer to use some with the content on my blog whether you don’t mind. Natually I’ll give you a link on your web blog. Thanks for sharing.

  32. It’s hard to find knowledgeable people on this topic, but you sound like you know what you’re talking about! Thanks

  33. I’d perpetually want to be update on new content on this site, saved to bookmarks ! .

  34. Good day! Would you mind if I share your blog with my facebook group? There’s a lot of people that I think would really appreciate your content. Please let me know. Thank you

    • Of course we can share. The information is public … Just remember that most of the texts of the posts are removed from the Internet itself.

  35. Salve. I simply want to declare that what you say here is really the best information so I will post https://netsysoft.wordpress.com/2011/04/22/linux-e-dificil-de-usar-mito-ou-verdade on my Hi5 profile so everybody can have the opportunity to enjoy. I was glad when I saw this tittle, Linux é difícil de usar: mito ou verdade? NetSySoft, on my google search, and i was so becouse at long last I found what I was looking for. All the best

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: