URLs curtas não são tão ameaçadoras

Serviços de redução de URLs como o TinyURL parecem perfeitos para criminosos, porque eles podem enconder o nome de sites maliciosos.

Mas mesmo no popular Twitter esses endereços curtos não chegam a ser tão maliciosos como muitos especialistas da indústria acreditam, de acordo com um recente estudo.

A Zscaler, uma empresa que vende serviços de segurança, analisou cerca de 1,3 milhão de URLs reduzidas disponíveis no Twitter, antes que o microblog começasse a examiná-las por si próprio no começo de março. Apenas 773 de todos esses links (um mero 0,06%) direcionavam o internauta a conteúdo malicioso.

Serviços de redução de URL se tornaram populares conforme as pessoas começaram a gastar uma maior parte de seu tempo em redes sociais, compartilhando links para fotos e artigos, por exemplo.

Os criminosos podem aproveitar esse hábito para enganar suas vítimas, já que os links reduzidos costumam levar o nome do serviço que o criou, como Bit.ly ou TinyURL, em vez do real nome da página a que corresponde.

Julien Sobrier, analista da Zscaler, disse que os usuários estão prestando mais atenção a esses links, porque sabem que correm o risco de cair em uma armadilha.

“As URLs reduzidas do Twitter não são vistas pelos internautas como um link confiável”, ele explicou.

E, portanto, se os usuários começam a desconfiar desses endereços curtos, os criminosos tem menos incentivos para utilizá-los.

Fonte: Info Segurança

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: